Skip navigation

Tag Archives: Deus

Esse ano começou mal. Na verdade, não. Começou feliz, com pessoas que eu amo, muitas risadas, etc. Fiz muitas coisas legais.

Ainda assim, sou invadido por um sentimento de que terei um péssimo ano.

Tirei alguns segundos pra pensar bem nesse ano, saber se realmente tinha sido tanto fracasso. Não foi. Meu pai bem disse hoje: Quando fazemos a retrospectiva, pensamos em todo o mal que aconteceu, mas esquecemos do bem. É quase como respirar, o esquecer.

Pode parecer piegas. Na verdade, é. Mas não dá pra negar o que Deus fez nesse quase um ano. Ele me pôs lá. São Paulo, terra da garoa e da solidão. Chorei, me assustei, fiquei deprimido, mas estive sempre amparado. Só de ter conseguido ficar lá foi um milagre. Fiz amigos, arranjei um lugar pra morar, trabalhei por um tempo, me diverti horrores, encontrei uma namorada fantástica… Claro, não tenho dinheiro, meus pais estão fazendo, das tripas, coração pra eu poder ficar lá, mas estou lá. Passei esse tempo todo, gastei horrores, fiz muita cagada e ainda assim estou lá. Glórias à esse Deus que é muito mais fiel do que eu posso corresponder.

Esse ano representa um imenso desafio pra mim. Preciso romper laços que não deviam ter sido estabelecidos, refazer os mal feitos, me recompor e provar pro mundo (porque Deus nunca duvidou) que sou capaz de me virar sozinho. Não vai ser fácil, mas é possível. Fiquei um pouco triste de ver incredulidade em alguns olhos, mas é normal. As pessoas nem sempre falam o que sentem e/ou pensam.

Estou naquele estado que eu tanto gosto, onde só queria que Deus fosse de carne e osso pra eu poder abraçar ele bem apertado. Eu nunca vou poder duvidar da existência ou do amor dele. Só sei dar glórias. Sei que tudo vai se encaminhar do jeito certo. Quero só estar pronto.

Glórias a Deus. Hosana!

Now Playing: Maylene and the Sons of Disaster – Death is an Alcoholic